PERIGO! Proteja seu dispositivo móvel

Com o crescente número de dispositivos móveis disponíveis por aí, os criminosos digitais estão mudando de alvo. Agora tablets e smartphones tem sido as grandes vítimas de vírus e malwares a fim de saquear esses portáteis.

Separamos algumas dicas importantes para manter seu aparelho mais seguro e livre dessas ameaças.

>> Não negligencie as ameaças móveis >>>>>

Embora os computadores sejam o alvo número um dos ciberpiratas, o número de ameças em dispositivos móveis vem crescendo cada vez mais. Além dos perigos que podem vir por alguns e-mails e sites, esses dispositivos ainda podem ser infectados pelo bluetooth ou aplicativos.

>> Só baixe APPs confiáveis >>>>>

Aplicativos é a principal porta de entrada para vírus em smartphones e tablets. Evite instalar aplicativos desconhecidos. Na dúvida, consulte antes na internet se ele é confiável.

>> Nunca desbloqueie seu aparelho >>>>>

Desbloquear um dispositivo móvel, como o iPhone, é o atalho para os problemas. Ao mesmo tempo que você permite rodar aplicativos não aprovados pela Apple, mesmo que seja acima de qualquer suspeita, como o Adobe Flash Player, o desbloqueio abre brechas para ataques.

>> Nenhum Sistema Operacional é totalmente seguro >>>>>

Embora o foco dos ciberpiratas sejam aparelhos com Android, os outros SOs não estão livres das ameaças. iOs, BlackBerry, Windows Phone, Symbiam, J2ME e outros também precisam de cuidados para evitar os perigos.

>> Usuários de Android, cuidado com as permissões >>>>>

Sempre olhe quais permissões o aplicativo pede. Isso é fundamental para aumentar a segurança. Por exemplo, um aplicativo de receitas culinárias não precisa saber sua localização ou sua lista de contatos.

>> Cuide da sua conta >>>>>

A grande diferença entre os computadores e os smartphones ou tablets é que os dispositivos móveis geralmente estão diretamente conectados a uma conta bancária, e os hackers sabem disso.

>> Proteja seu dinheiro >>>>>

Fique atento, invadir um celular é sinônimo de colocar em mãos informações valiosas ou gerar golpes para obter dinheiro. Mantenha seu aparelho sempre protegido por antimalwares e antiphishing, além da possibilidade de apagar os dados pessoais em caso de extravio. Evitar fazer transações bancária no aparelho também pode evitar muitos problemas.

Com informações da Info

Faça a bateria de seu smartphone durar mais

Algumas dicas para fazer a bateria de seu smartphone durar mais a cada carga e ter uma vida mais longa.

Dica 1 / Temperatura

Sim, a temperatura influencia na vida útil da bateria. Então é bom evitar deixar o aparelho no sol, ou em locais onde a temperatura pode subir demais, como no bolso da calça ou dentro do carro fechado. Alguns fabricantes recomendam de 0 a 35º C. Como a maioria das baterias são feitas com a mesma tecnologia, vários aparelhos podem seguir este parâmetro.

Dica 2 / Conexão

Desligar o Bluetooth, Wi-Fi, GPS e 3G vai melhorar (e muito) o rendimento da sua bateria. Ligue estas opções somente quando for necessário. Os smartphones possuem opções para gerenciar o ligamento e desligamento destas funções, e existem também aplicativos que fazem isso de maneira simplificada.

Dica 3 Multitarefa

Processos em execução simultaneamente consomem processamento e, consequentemente, bateria. Eliminar esses processos vai economizar bastante bateria. No Android, o aplicativo Advanced Task Killer faz o serviço muito bem. Já no iOS, basta pressionar o botão Home duas vezes e toque em algum aplicativo da lista que aparece durante alguns segundos. Depois basta clicar no botão X no canto de cada aplicativo em execução.

Dica 4 / Tela

Um dos componentes que mais consomem bateria é a tela do smartphone. Pequenos ajustes podem gerar grandes ganhos na duração da bateria. Em vários aparelhos, existe a opção de brilho automático, que usa a câmera ou sensor do smartphone para ajustar a iluminação da tela.

Dica 5 Ciclo de Bateria

Para aumentar a vida útil da sua bateria, é importante fazer um ciclo de bateria a cada mês. Basta carregar completamente a bateria do seu smartphone e, depois, use o aparelho até que ele desligue por falta de energia. Esta dica também serve para outros aparelhos que utilizem bateria, como notebooks e netbooks.

Com informações da Revista Dicas Info